MUROS VERDES NAO FAZEM FOTOSSINTESE


ESTAVA ESCRITO EM ALGUM LUGAR, MAS OS CUBOS DE GELO SE DEBATENDO CONTRA AS PAREDES DO COPO TOMARAM TODA A ATENÇÃO, E O SONHO SE FEZ PARAR LANÇANDO A MENTE NUM ESPIRAL FRENTE A CIDADE...
EU SEI EU SEI ERA ELA E, ERA DIA - SEI - POIS SENTIA O CHEIRO FRESCO DO ASFALTO UMIDO MAIS UMA VEZ AQUECIDO PELO SOL DO MEIO DIA - NÃO HA COMO ESQUECER O SOL... NÃO HA COMO ESQUEÇE-LA - ELA, QUE ASPIRANDO MINHAS INTIMIDADES DECIDIU SE DECIDIR COMIGO. DESFILAVA IMPACIENTE, SOLTA EM MEU QUARTO COM O SEU VESTIDO EM COR COM AS ROSAS... AH COMO EU GOSTO DE SUAS PERNAS...
(OUTRA RODADA POR FAVOR ECOA EM ALGUM LUGAR)

**
PASSA UM POUCO E ENTAO É NOITE NA GRANDE CIDADE
NUMA PRAÇA EM ALGUM LUGAR DO MUNDO CENTENAS DE HOMENS ERGUEM UMA ESTATUA ANTE O PROTESTO E A APROVAÇÃO DE OUTRAS CENTENAS DE HOMENS QUE GRITAM E CONGESTIONAM AS IMEDIAÇÕES DA PRAÇA ONDE UMA ESTATUA ESTA SENDO ERGUIDA EM MEMORIA A UM OUTRO PRA DEPOIS SER DERRUBADA EM SINAL DE PODER E CONQUISTA - (É O QUE DIZEM AS BOCAS MALDITAS)
NÃO É FACIL. A NOITE TEM UMA BOCA IMENSA. PODE-SE VE-LA PELA JANELA DO EDIFICIO DE ONDE TAMBEM SE OUVEM PALAVROES DITOS POR HOMENS ENSANDECIDOS E MULHERES PERDIDAS... MUSICA.
DEPOIS DE ALGUM TEMPO UM CORPO ENSANGUENTADO DEIXA DE EMITIR GRITOS ALUCINADOS E SÓ DEIXA TRANSPARECER A EXPRESSAO DE TERROR - BELAS FOTOGRAFIAS NOS MUROS DA CIDADE. UM VENDEDOR DE SANDUICHES CAMINHA DEVAGAR POR UMA RUA DO PLANETA - NUMA ESQUINA QUALQUER A MISERIA ESTENDE A MÃO E MOSTRA SUA COLERA. NOITES DE VERÃO NA AMERICA. VOCE SENTE QUE ALGUMA COISA ESTA ERRADA, OU QUE ESTA NO LUGAR ERRADO
PESSOAS FALAM UMA LINGUA ESTRANHA. SEUS PES ESTAO CANSADOS, O CORPO SUADO, A ROUPA SUJA, CABELO DESPENTEADO... E NO ENTANTO, NINGUEM LHE VÊ.
A BOCA DO MUNDO TEM GRANDES DENTES QUE NO ENTANTO TAMBEM NAO SAO VISIVEIS DE ONDE VOCE ESTA. O SOM DE ALGUMAS MUSICAS MELANCOLICAS INVADE A NOITE E OS JOVENS CORAÇÕES ENAMORADOS PARECEM SENTIR AS EMOÇÕES DE AMORES TANTOS... ESSA NOITE, ENQUANTO O MUNDO EXPLODE, EU TROCO O SOM UMA VEZ MAIS... SINTO A FALTA DA MINHA PEQUENA E NAO QUERO VER NINGUEM.
NUM JORNAL A NOTICIA DA MORTE DO PRESIDENTE INTERINO INTERNADO HA TANTO TEMPO INSISTE EM NAO SER DIVULGADA. O HOMEM NAS RUAS NAO PRESTA ATENÇÃO AO MENINO ALEIJADO QUE GRITA AS NOTICIAS DO FIM DOS TEMPOS NUMA ESQUINA QUALQUER DE UMA DAS RUAS DO MUNDO, ELE ESTA ENCANTADO COM O VOO O AVIÃO. UM VELHO PREDIO DE APARTAMENTOS IRA DESMORONAR E O MENINO GRITARA LHE CHAMANDO PELO NOME - NINGUEM PRESTARÁ ATENÇÃO.
EU SÓ VOO DE AVIOES PORQUE DETESTO AS AVENIDAS, AS INTERESTADUAIS... ODEIO O TRAFEGO DE AUTOMOVEIS E O DAS MASSAS DESESPERADAMENTE ANSIOSAS INDO PRA ALGUM LUGAR. E A BOCA IMENSA DO MUNDO ME MANDA CALAR COM OS DENTES A MOSTRA ENQUANTO VOMITA NA GRANDE PRIVADA DO MUNDO, ESTILHAÇOS DE UMA BOMBA JOGADA NA LUTA PELA PAZ ATINGEM O ROSTO E AS COSTAS DE UMA MENINA... CIDADES COMO NOVA IORQUE E LONDRES ENCONTRAM-SE SOB ATAQUE E O RESTO DO MUNDO NUM BLECAUTE TOTAL. DUAS PESSOAS FAZEM AMOR ENQUANTO OUTRAS SAO PREGADAS EM POSTES DE ENCRUZILHADAS... A ESTATUA DA LIBERDADE DEIXA CAIR SUAS LAGRIMAS ENQUANTO OUTRAS SAO DERRUBADAS, UMA VOZ TRISTE CANTA UM BLUES NUM BAR NOTURNO, HA, TAMBEM, HOMENS BEBADOS ENTRE LESBICAS CANTANDO CANÇÕES NATALINAS, E HA TANTA NAFTALINA NAS ROUPAS DE UM HOMEM QUE O IMPEDEM DE VOLTAR COMO JA FOI ANUNCIADO. ESSA SITUAÇÃO ATUAL TEM MESMO UM CHEIRO HORRIVEL...
GUSTA É VISTO BEBADO CAMBALEANDO NUMA AVENIDA AO SUL DO MAPA, MAS NINGUEM PARECE PERCEBER. MENINAS IDIOTAS DAO RISADAS IDIOTAS NAS ALAMEDAS DE UM SHOPPING NO CENTRO OU PERTO EM SINAL DE VAIDADE
FILMES DE GLAUBER, ALLEN E GODARD SE ANUNCIAM NUM CARTAZ ENQUANTO EU PASSO TROPEÇANDO. MUSICAS EMBALANDO SONHOS. VINHOS, RISOS, RARAS EMOÇÕES, CIGARROS PARAGUAJOS PRA FUMAR... TUDO ACONTECE JUNTO E NINGUEM NOTA DE VERDADE...
AO REDOR, AS PAREDES ESTAO VAZIAS, O BARULHO DISTANTE DOS AUTOMOVEIS E NAVES ESPACIAIS... EU GOSTO DOS PONTILHADOS... TELEVISAO LIGADA SEM SOM... ALGUEM? ALGUEM? GARÇON?!

IMAGENS DISFORMES
LEMBRANÇAS DISFORMES

MUROS VERDES NAO FAZEM FOTOSINTESE. CALE-SE!! ARVORES GENEALOGICAS NAO DIZEM NADA DE VOCÊ - NAO HOUVE SILENCIO ENQUANTO UM GRUPO DE PADRES CATOLICOS COMEMORAVAM RUIDOSAMENTE AS PERSPECTIVAS DE PAZ E SALVAÇÃO DA HUMANIDADE SEGUNDOS AS ORDENS ESTABELECIDAS PELO REINO DOS CEUS
EM EDIÇÃO EXTRAORDINARIA OS NOTICIARIOS NOTICIAVAM QUE OS EXTRATERRESTRES TAMBEM SE RECUSAVAM VIAJAR POR AQUI NESSAS CONDIÇÕES...
NA LONGA NOITE, TANTAS FORAM AS ANGUSTIAS
MAS O POVO COMEMORA COM FRANGO E CERVEJA NACIONAL, ASSIM TAMBEM AS MENINAS DA AUGUSTA E OS VELHOS TAXISTAS QUE NAO ESTAO NEM AI PRA MARX E AS ORDENS MUNDIAIS.

POWER CORRUPTS, MONEY CORRUPTS, LOVE CORRUPTS, CULTURE CORRUPTS, RELIGION CORRUPTS, COLD WEATHER CORRUPTS, HUNGER CORRUPTS, AMBITIONS CORRUPTS, SEX CORRUPTS, LIFE CORRUPTS (THE ACT OF LIVING IS PURE CORRUPTION) OLD AGE CORRUPTS, I AM CORRUPT, YOU ARE, THE WORD CORRUPTION IS A WORD THAT HAVE A COLOUR (RUPTURE OR RUPTION)"

NINGUEM LIGA PRA O BANQUETE DOS MENDIGOS NO BECO DAS LAMENTAÇÕES, PRA O BLUES QUE EU FIZ PRA VOCÊ... O POETA NOTURNO SE DEITA EM SUA CAMA NOTURNA NUM ARISTOCRATICO BAIRRO DA GRANDE CIDADE DESPIDO DE SEUS SONHOS DIURNOS COBERTO APENAS POR UMA FINA CAMADA DA SAUDADE MAIS PURA E SIMPLES.
HOJE O TEMPO PASSOU. EU ME LEMBRO DE UNS CARAS ANDANDO A ESTRADA COM OS OLHOS DESERTOS E O CORAÇÃO CANTANDO UM BLUES ENTRE CONCERTOS DESCONSERTANTES...
HEY GUSTA, VOCÊ É AMERICANO? O MOTORISTA DO PRIMEIRO TRICICULAR ME PERGUNTOU ENQUANTO O DIA AMANHECIA. EU DISSE NÃO, NEGUEI COMO FAÇO COM TUDO QUE ME INCOMODA; EU SOU BEM PAULISTANO E ASSIM SEREI LEMBRADO, É QUE ME ANDO VIAJANDO E, SE BEM ME CALO É QUE TUDO VAI MAL... MAS TANTO SE PASSOU JÁ DESDE ENTAO.
A ADOLESCENCIA DESPEDAÇADA ENTRE MARCAS DE PNEUS E O CHEIRO DE PERFUME BARATO, EM QUARTOS BARATOS DE HOTEIS... A ESTRADA TEM UMA HISTORIA LONGA E MISTERIOSA. ASFALTO, PODERES MAGICOS DA FELICIDADE...
UM CARA SENTADO SE ACENA NUMA POLTRONA NO TERRAÇO DE UM QUARTO DE ALUGUEL, PARECIA PERDIDO EM SUAS FILOSOFIAS VIAJADAS E SÓ QUERIA SE ENCONTRAR - BEM QUE SE PARECIA COMIGO SE EU PUDESSE ME LEMBRAR, MAS EU TAMBEM PROCURO...
UMA PROCISSAO DE BRANCAS FIGURAS ILUMINADAS POR VELAS NUMA CIDADE QUE CRUZA O MEU CAMINHO ME FAZ QUERER ESQUECER QUE NO DIA DO JUIZO TAMBEM EU SEREI JULGADO...
RECOLHO-ME HOJE EM MEU ESPAÇO INTERIOR, A SALA TEM MOBILIA SIMPLES, UMA MESA, SEIS CADEIRAS ANTIGAS. HA UM GRANDE RELOGIO E UMA VELHA SENHORA QUE REPOUSAM SEU TEMPO E SEUS OSSOS CANSADOS SEM RECLAMAR. ME SENTO NA POLTRONA COLOCADA NO CANTO À ESQUERDA DA VELHA SENHORA QUE ME LEMBRA MINHA AVÓ - SEU SORRISO É BONDOSO - E EU COM MINHAS LAGRIMAS DEBRUÇADAS
SÓ ME LEMBRAVA O SEU NOME E TODOS OS SEUS DERRAMES... ESTEJA EM PAZ.
A PORTA ENTREABERTA DEIXA ENTRAR A LUZ QUE ILUMINA A RESPIRAÇÃO DE UMA MENINA QUE NUA SE ACARICIA, O OLHAR PERDIDO ATRAVES DA JANELA... A NOITE É LONGA. AO LONGE, A IGREJA - UM LUGAR QUIETO E FOTOGENICO QUE AQUELE GESTO BEM IRIA CONDENAR. UMA VELHA BEATA DE CARA RUIM ME ANUNCIA O FUTURO COBRINDO OS OLHOS. ELA DEVE PASSAR O DIA REZANDO, PENSANDO QUE VIRÁ A SALVAÇÃO POR SUAS PALAVRAS E PENSAMENTOS DESTORCIDOS. À ELA NUNCA OCORRERÁ QUE ESTA SALVAÇÃO VIRIA POR ATOS QUE NUNCA IRÁ PRATICAR...
- SIM, GUSTA, DARIA UMA BOA FOTOGRAFIA...
NO SUDESTE DO PAIS O CEU É VERMELHO NESSA EPOCA DO ANO. UM MENINO NEGRO FOI A PRIMEIRA PESSOA A VER AS LAGRIMAS DA ESTATUA QUE NAO QUIS FECHAR OS BRAÇOS. MAS EU TAMBEM, ME OCUPAVA COM OUTRAS COISAS...
EU VIM DE UM LUGAR DISTANTE. DEPOIS DE UM TEMPO NAO SE SENTE O PESO DA MOCHILA. POR ISSO EU SIGO. DE AVIAO, PENSEI EM VOAR PELOS ARES DO MUNDO, MAS ME QUEREM COM OS PES NO CHAO, E JA QUE MINHAS ASAS ESTAO CANSADAS, EU DEIXO... E EU JÁ NAO ME QUEIXO MAIS.
CENA:
QUARTO DE HOTEL. DE NOVO, A GAROTA QUE SE TOCA, SOLITARIA COMO O POETA. SEUS OLHOS REVELAM O GOZO EM SILENCIO SOB A NOITE QUENTE. UM GRITO SE ANUNCIA E TRANCA ENTRE AS COBERTAS NA COBERTURA QUE ABRIGA O SILENCIO E O GOZO SOLITARIO DA GAROTA E O POETA NUM SONO INQUIETO APENAS SONHA. O POETA E A NOITE SE LANÇAM NO TEMPO E INSITEM FORA A TUDO ISSO QUE SE PASSA E AQUI, O POETA É SEMPRE E SEMPRE É NOITE EM ALGUM LUGAR. SEGUNDO DIZEM: EM OUTRO PONTO DO PLANETA, UM GRITO DE ESCOLARES VISITA UM MUSEU, DEVORAM SANDUICHES EM MEIO A GRITARIA PECULIAR DE CRIANÇAS VISITANDO MUSEUS ENQUANTO OS GUARDAS DEVORAM A BUNDA DE UMA PROFESSORA COM O OLHAR... NEM TUDO É NOVIDADE NA IDADE DAS CRIANÇAS MUITO MENOS NUM MUSEU SÓ MESMO MOSTRA-SE E SE REVELA UM TANTO MAIS POLIDO AGORA QUE O QUE VIRÁ
"SUA GERAÇÃO JA SE PERDEU PRA O NOVO TEMPO. E O TEMPO... O TEMPO NAO PERDOA NINGUEM, GUSTA" E EU ESPEREI A NOITE INTEIRA. NA SALA, TUDO EM SILENCIO, MEIA LUZ, FACES CONTRITAS NAS PAREDES, PALAVRAS VAGAS, PONTOS DE VISTA VAGOS. COISAS DISPERSAS COMO SEMPRE TEM SIDO POR TODO ESSE TEMPO. S IMAGEM DA GAROTA AINDA FUNDE-SE AS IMAGENS EXISTENTES, TINHA FOME E UM POUCO DE FRIO, MAS NAO ESQUECIA DE SEU ROSTO...
UMA GAROTA DE ALMA CLARA-CASTANHA, DE PELE E PÊLO, ELA ME SORRIA ENQUANTO TOCAVA O CEU COM OS DEDOS, SENTADA A SOMBRA DAS ARVORES ENTRE FLORES, AH, COMO IMAGINO OS SEUS CHEIROS E SABORES... DEVE DE TER UMA LEI CONTRA ISSO.
O JORNAL NOTICIA UMA GRANDE CHUVA NA GRANDE CIDADE. GUSTA, AS GRANDES CIDADES ME SUFOCAM. EU NAO GOSTO DELAS, RAZAO PELA QUAL ESTOU NA ESTRADA INDO EM DIREÇÃO A COISAS NOVAS, EXPERIENCIAS... EU ESTENDO A MAO E TUDO PÁRA.
CORTE:
A VELHA SENHORA E UM BONDOSO SORRISO ESTO SENTADOS NUMA PEQUENA POLTRONA ANTIGA NUM CANTO DE UMA SALA ANTIGA QUE INSISTE EM SE ABRIR NOS MEUS OLHOS FECHADOS - A FACHADA ME LEMBRA SANTANA E A CHORA MENINO. JA TEM QUINZE ANOS. - DE NOVO; UM BLUES COLORE E DENSA O QUE TRANSPORTA; GUITARRAS ACUSTICO-ESPANHOLAS E O SOM FORTE DA CHUVA NA JANELA CASTIGAVAM O LADO DE FORA. A GAROTA QUE SE TOCAVA ME BATE A PORTA: VI-TE SOZINHO, ELA DIZ ENQUANTO ANDA DEVAGAR E ME SORRI... SILENCIO. MOVIMENTOS SUAVES. É, GUSTA. A VIDA SÓ PODE SE ENTENDIDA RELATIVAMENTE. NA ESTRADA VIVEMOS O MOMENTO. PODEMOS PEGAR UMA CARONA PRA OUTRO LUGAR OU PODEMOS MORRER DE ESPERAR, TANTO FAZ. ME ESTENDEU A MÃO E ME MOSTROU SEU MUNDO. TINHA GUSTA ESCRITO NA CAMISETA. SEU NOME É GUSTA? OLHOS DE GATO AMEDRONTADO. VENHA, VELAREI SEU SONO ATE QUE SE ACABEM AS TEMPESTADES, ATE QUE CHEGUE O SOL E O OUTONO, O OUTONO JA VEM AÍ...
LOGO, OS MUROS TERAO OUTRO TOM.

Um comentário:

Fox disse...

que doido gusta!
po dooooidemais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...